top of page

Desafio Boas Práticas em 7 dias!

Atualizado: 11 de dez. de 2023



“Aplicando uma rotina mais consciente”


Em alusão ao mês do Meio Ambiente, resolvi desafiar a Primeira-dama de Porto Alegre, Tainá Vidal, a realizar o “Desafio Boas Práticas em 7 dias!” e aplicar uma rotina mais consciente, a fim de inspirar mais pessoas a adotarem essa mudança de comportamento em busca de um futuro melhor e com mais cuidado com a natureza. A jornada consiste numa semana com desafios diários, cada dia com uma temática diferente e todos eles possíveis de serem replicados e implementados como hábitos rotineiros.



1 — Segunda Sem Carne:



Segunda-feira é mundialmente conhecido como o dia para mudanças, dia para tomarmos decisões, começarmos transformações e novidades. Que tal tentar algo que trará um enorme benefício para todos?!


A Campanha Segunda Sem Carne se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal para alimentação tem, sobre os animais, a sociedade, a saúde humana e o planeta, convidando-nos a descobrir novos sabores ao substituir a proteína animal pela vegetal pelo menos uma vez por semana.


Desafio: Fique 01 dia sem comer carne, aventure-se na cozinha e descubra ingredientes novos para transformar essa substituição num evento gastronômico familiar.


2 — Terça: Meditação / Yôga



A meditação é uma técnica que permite conduzir a mente para um estado de calma e relaxamento através de métodos que envolvem postura e focalização da atenção para atingir tranquilidade e paz interior, trazendo diversos benefícios como redução do estresse, ansiedade, insônia, além de auxílio para a melhorar o foco e a produtividade no trabalho ou estudos.


O ioga ou yoga é um conceito que se refere às tradicionais disciplinas físicas originárias da Índia. A palavra está associada com as práticas meditativas costuma ser associado tipicamente com a hata-ioga e suas asanas ou como uma forma de exercício.


Desafio: Proponha-se a separar ao menos 1 momento do seu dia para realizar uma meditação ou uma prática de yoga, se for possível os dois, melhor ainda.


3 — Quarta: Consumo Consciente (Local)



Pode parecer clichê, mas é um dos primeiros passos na mudança comportamental. O despertar da consciência passa por se questionar inúmeros aspectos, inclusive — e principalmente — o consumo.


Por que estou comprando esse produto/serviço? Eu realmente preciso disso? Se sim, tem alternativas que impactem menos? De onde vem esse produto? Quem fabrica? Quais recursos usam? E como lidar com o resíduo gerado?


Desafio: Busque comprar de uma feira ou mercado próximo à sua casa, buscando saber de onde vem o produto, como é produzido, quem integra a cadeia?


4 — Quinta: Compostagem é cool :)


Compostagem é o conjunto de técnicas aplicadas para estimular a decomposição de materiais orgânicos. Mas antes disso é preciso compreender que o material orgânico não deve ser classificado como resíduo, e sim como alimento, já que é rico em substâncias húmicas e nutrientes minerais, excelentes elementos para um solo fértil, onde se desenvolve o alimento.


Realizar a compostagem em casa é realizar a educação ambiental na prática, além de ser muito fácil fazer uma composteira urbana.


Tem crescido cada vez mais a prática da compostagem urbana, e em algumas cidades como Florianópolis, já virou lei municipal. O projeto regional chamado “Revolução dos Baldinhos” ganhou força no sul da ilha até ser proposto pelo vereador Marquito na Câmara do Município, e ser promulgada lei em Floripa, destinar todos os resíduos orgânicos para compostagem.


Desafio: Implementar o processo de compostagem. É bem simples e pode ser aplicada em casas e apartamentos. Para esse desafio, preparamos uma Cartilha de Compostagem que vai auxiliar na execução da compostagem.


5 — Sexta: Plantar Para Colher — Hortinha doméstica



O desafio anterior é diretamente relacionado com esse, pois quando você faz a compostagem, lidando com seu material orgânico, você ganha de bônus o húmus (adubo sólido) e o biofertilizante (adubo líquido), para nutrir um solo e/ou uma horta.


Mesmo em ambientes pequenos e com pouca exposição solar é possível montar uma horta, seja horizontal ou vertical, usando materiais reciclados, como garrafas pet, pneus de borracha e latas.


Ter uma horta é alternativa para o húmus e o biofertilizante oriundo do processo de compostagem e para produzir alimentos e temperos utilizados em sua dieta. Plantar temperinhos é um bom começo, já que são fáceis de cuidar e crescem rapidamente.


Desafio: Aplicar uma tortinha doméstica, que será uma excelente forma para aplicar o húmus e o biofertilizante produzido pela compostagem. Plante temperos e chás, assim é possível também aplicar na cozinha.


6 — Sábado: Solidariedade e Empatia



Empatia é a base de tudo. Respeitar a história dos outros é importante, mas entender que as pessoas são diferentes e não necessariamente serão iguais umas às outras é o ponto chave da questão.


A melhor forma de ser aceito é aceitando, e sorrir para as pessoas é um ato simples mas de grande valor. O poder que tem um riso sincero é gigantesco.


É claro que a humanidade está mais inteligente do que anos atrás, é um processo natural de desenvolvimento. No entanto precisamos usar essa inteligência para o bem, para o desenvolvimento sustentável, buscando um futuro mais consciente e mais empático.


Uma excelente maneira de exercer a Empatia e a Solidariedade é oportunizando para quem precisa, se você tem roupas que não usa, doa para que mais necessita. Se você quer ter um animal de estimações, busque por ONGs que cuidam e abrigam os animais.

Desafio: Participe da campanha do agasalho 2020 e doe roupa que você não usa. Ou então doe rações para ONGs que necessitem. Ou então adote um pet de uma ONG que realiza adoções.


7 — Domingo: Gratidão



O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável Número 16 se refere sobre a promoção de uma sociedade pacífica e inclusiva para o desenvolvimento sustentável e que proporcione acesso à justiça para todos. Este objetivo se refere a reduzir todas as formas de violência e as taxas de mortalidade relacionadas em todos os lugares, bem como acabar com abuso, exploração, tráfico e violência contra as crianças. Acreditamos que a melhor forma de promover a paz é propagando o amor. Exercer a Psicologia Positiva é propagar coisas boas.


Nunca se esqueça de agradecer. Pela vida, pela existência e por tudo o que estamos passando. Sempre existe o outro lado, e é no lado positivo que temos que nos agarrar. Emanar energias boas e acalmar os ânimos exaltados. Cada um fazendo a sua parte e todo mundo cuidando de si.


Desafio: Pense em alguma pessoa que você goste muito, ou que tenha algo muito bom para você, e escreva uma carta endereçada a essa pessoas expressando todo o sentimento de gratidão que você sentiu.


//

E aí, realizou o desafio?


Curta, comente e compartilhe essa idéia, vamos espalhar amor e contribuir para um futuro mais consciente! :)

Quer conversar mais comigo? Manda um alô, aproveita para conhecer um pouco mais sobre os trabalhos que eu desenvolvo de Educação Ambiental

@greenthinkingproject e Educação Ambiental para crianças @projetoconscientiza



Posts recentes

Ver tudo
bottom of page