top of page

Limpeza Solidária - a força do voluntariado para limpar Porto Alegre

Atualizado: 3 de jun.

Voluntários integram grupo de articulação do projeto Limpeza Solidária, apresentado pelo Pacto Alegre dentro do Desafio Extraordinário Porto Alegre Resiliente como resposta aos eventos climáticos extremos no RS. 


Após inundações e enchentes de grande magnitude impactarem diretamente Porto Alegre e o Rio Grande do Sul, o Pacto Alegre, dentro do contexto da Aliança para a Inovação de Porto Alegre - que reúne as universidades UFRGS, PUCRS e Unisinos, lança o Desafio Extraordinário "Porto Alegre Resiliente" com 05 (cinco) projetos para realizar o enfrentamento e superação desta crise, dos quais quatro já estão operando, com comitês instalados no TECNOPUC.  


Desafio Extraordinário Porto Alegre Resiliente


Projeto de Emergência Climática e Ambiental RS: Esse projeto de longo prazo deverá prever um monitoramento de dados naturais contínuos, conjugado com um sistema de alertas. 


Projeto Abrigos e Habitação: Atuação articulada com a PMPA na organização e atuação da Central de Abrigos de Porto Alegre, agindo efetivamente nas áreas de gestão da informação.


Projeto Comunicação Resiliente: Desenvolvimento de plano de comunicação para gerenciamento da situação a curto, médio e longo prazo, que foque em informar, orientar e trazer uma visão de futuro que permita a retomada da cidade, busque evitar a evasão de cidadãos e investimentos e, consecutivamente, melhore a autoestima dos porto-alegrenses após o período crítico das enchentes.


Projeto Hospital Veterinário de Campanha (HVC): Instalação de um Hospital Veterinário de Campanha (HVC), destinado a atender animais atingidos pela tragédia ambiental. 




Projeto Limpeza Solidária


Visa à limpeza de residências e espaços públicos afetados na cidade, com a colaboração de diferentes setores da sociedade. Tem o foco na captação e no treinamento de voluntários, feita por hotsite e formulário específicos de ampla divulgação. Os voluntários passarão por treinamentos técnicos, oferecidos por empresas especializadas em limpezas pesadas, para maior eficácia dos trabalhos, e treinamentos para suporte socioemocional, ofertados por profissionais especializados, para prepará-los para os desafios encontrados em campo.


Já está atuando nas primeiras regiões liberadas pela prefeitura: Menino Deus e Cidade Baixa, articulando voluntários e plataformas de software como “Meu lar de volta”, e organizações como Green Thinking, Cluster Ecoar UFRGS, Crisis Cleanup, Arco, Trashin, Igapó, Apoena, 4 Hábitos para mudar o mundo, entre outros. A central de trabalho deste grupo de Limpeza Solidária está localizada junto ao seu comitê no Tecnopuc. 


Nas primeiras semanas, voluntários que atuam com a temática iniciaram pesquisas sobre métodos e formas de realizarem a limpeza, também observando os resíduos sólidos oriundos dessas atividades. Equipes de voluntários estão sendo capacitadas para ingressarem nas residências para contribuir com o processo de limpeza. 


Nos estudos foram considerados fatores como equipamentos adequados para realizar a limpeza, como lidar com os proprietários no momento da limpeza, como separar adequadamente os resíduos sólidos durante a limpeza, além de informações necessárias para a atividade. 


Objetivo: Apoiar a limpeza de residências e espaços públicos afetados na cidade, com a colaboração de diferentes setores da sociedade.


Estratégias:

  • Captação de recursos materiais, financeiros, equipamentos

  • Capacitação de voluntários

  • Uso de tecnologias digitais e sociais

  • Parcerias

  • Experiência em ambientes e aprendizagem em curtos espaços de tempo


Para mais informações, cadastramento de voluntários, acesse o site abaixo:


Fotos das limpezas realizadas pelo time.


121 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page