top of page

Vem aí o primeiro Dia Donut Global em 13 de novembro de 2023

Atualizado: 1 de nov. de 2023

Encontro de visões e sonhos: Donut na Prática - Dia Donut Brasil

No dia 13 de novembro, o Doughnut Economics Action Lab (DEAL) lançará o Dia Donut Global (#GlobalDonutDay), a ser realizado online e presencialmente ao redor do mundo. O Donut Brasil vai promover ações em várias cidades, incluindo Rio de Janeiro, Salvador, Vitória, Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, Contagem, Belém, Campinas e Brasília.


Entrando no Donut


Convidamos você a experimentar o Donut. Em parceria, a Ambedu e a Nuvem Sustentabilidade estão preparando um Painel virtual chamado Encontro de visões e sonhos: Donut na Prática. O evento tem curadoria de Andressa Serrado e Nicole Portela e conta com o apoio institucional do Sistema B Brasil, ASsSan Círculo (UFRGS), Tecnopuc, Instituto LivMundi, Menos 1 Lixo, Green Thinking, Formô Hub e Zero Waste Lab. A programação tem duração de uma hora e trinta minutos, conta com falas que permeiam o Donut e possui espaço para debate, com a participação de convidados(as) locais e nacionais, de comunidades periféricas, instituições sem fins lucrativos e negócios de impacto socioambiental. O evento ocorre no dia 13 de novembro, das 10h até 11h30min, pela plataforma Zoom. Confira a programação completa e inscreva-se gratuitamente aqui.


Ocorrerá no dia 13/11 às 10h, inscreva-se aqui.


O evento Encontro de visões e sonhos: Donut na prática é destinado a empreendedores, estudantes, professores e sociedade em geral.

Programação:

  • 10h00: Abertura | Breve introdução ao tema da Economia Donut, Objetivos do encontro, com Andressa Serrano (Ambedu) e Nicole Portela (Nuvem)

  • 10h10: “Design para a Economia Circular: uma das ferramentas para a transição”, com Bruno Temer (Ambedu)

  • 10h20: “Mobilização e educação socioambiental” | o engajamento das pessoas como base para entrarmos no Donut, com Yuri Silva e Paula Moletta (Green Thinking)

  • 10h30: “Negócios Regenerativos” | Regeneração no âmbito dos negócios e como a Economia Donut se relaciona com a temática, com Nilton Tavares (Nuvem Sustentabilidade)

  • 10h40: “Ativismo Corporativo para a transição ecológica”, com Wagner Andrade (CEO e Head de Inovação do Menos1Lixo)

  • 10h50: “A potência da diversidade” | Porque a diversidade é fundamental, com Juliette Antunes (Head do Programa de Multiplicadores B no Sistema B Brasil)

  • 11h: Debate e Perguntas | Momento aberto para os participantes fazerem seus questionamentos aos palestrantes

  • 11h25: Encerramento do Evento


Entre workshops online e presenciais, oficinas, diálogos, contação de histórias, passeios guiados, feira sustentável e campanhas socioambientais, uma das principais ações promovidas pelo Donut Brasil é a exibição do documentário “Biocêntricos”, dirigido pela brasileira Fernanda Heinz, com Janine Benyus, precursora da Biomimética, e outros personagens brasileiros e internacionais. A exibição, prevista para ocorrer das 12h às 14 h, será seguida por um painel com a diretora Fernanda, a própria Janine Benyus, Kate Raworth, Carol Freitas, do Nous Ecossistema e convidados. A conversa, inédita, irá ocorrer de 14h às 14h50min, em inglês, com tradução para português, e será parte da programação internacional.

Outra ação de destaque é uma programação online, das 17h às 19h, organizada por Universidades Católicas em torno das conexões entre a Economia de Francisco e Clara e a Economia Donut. Algumas universidades promoverão também atividades presenciais.

Confira a programação completa do Dia Donut aqui.


O que é Economia Donut?


O Donut oferece uma visão do que significa para a humanidade prosperar no século XXI - para atender às necessidades de todos, dentro do planeta vivo - e a Economia Donut explora a mentalidade e as formas de pensar necessárias para nos levar até lá.

Publicado pela primeira vez em 2012 em um relatório da Oxfam pela Kate Raworth, o conceito do Donut rapidamente ganhou força internacionalmente, levando à publicação do livro de Raworth em 2017, Economia Donut: sete maneiras de pensar como um economista do século XXI, que explorou ainda mais o pensamento econômico necessário para trazer a humanidade para o Donut, reunindo percepções de diversas perspectivas econômicas de uma forma que todos possam entender.


Este TED TALK de 2018 oferece um resumo das mensagens principais do livro, e você pode ler em inglês o Capítulo 1 - The Doughnut of social and planetary boundaries. Também pode acompanhar conteúdos em português aqui no instagram do Donut Brasil.

O Donut e os limites sociais e planetários

O Donut é o conceito central no coração da Economia Donut. Consiste em dois limites: uma base social para garantir que ninguém fique aquém do essencial da vida, e um teto ecológico para garantir que a humanidade não ultrapasse coletivamente os limites planetários que protegem os sistemas de suporte à vida da Terra. Entre esses dois limites está o Donut: um espaço ecologicamente seguro e socialmente justo no qual a humanidade pode prosperar.

A Economia Donut propõe uma mentalidade econômica adequada aos nossos tempos. Não é um conjunto de políticas e instituições, mas sim uma forma de pensar para concretizar a dinâmica regenerativa e distributiva que este século pede. Baseando-se em ideias de diversas escolas de pensamento econômico - incluindo economia ecológica, feminista, institucional, comportamental e da complexidade - ele estabelece sete maneiras de pensar como um economista do século XXI para transformar economias locais em globais.


O ponto de partida da Economia Donut é mudar a meta de crescimento infinito do PIB para prosperar no Donut. Ao mesmo tempo, percebe o quadro geral, reconhecendo que a economia está inserida e dependente da sociedade e do mundo vivo. A Economia Donut reconhece que o comportamento humano pode ser cultivado para ser cooperativo e atencioso, assim como pode ser competitivo e individualista.

Também reconhece que economias, sociedades e o resto do mundo vivo são sistemas complexos e interdependentes que são mais bem compreendidos pelas lentes do pensamento sistêmico. E exige transformar as economias degenerativas de hoje em regenerativas e as economias excludentes em economias muito mais distributivas. Por fim, a Economia Donut reconhece que o crescimento pode ser uma fase saudável da vida, mas nada cresce para sempre: as coisas que têm sucesso só fazem crescendo, amadurecendo e prosperando em equilíbrio com o ambiente.

O Donut Economics Action Lab (DEAL) é uma organização co-fundada pela autora da Economia Donut, Kate Raworth, que existe para apoiar agentes de mudança em todo o mundo – em comunidades, educação, cidades e regiões, negócios, governo e muito mais – que estão transformando as ideias da Economia Donut em ação transformadora e com o objetivo de provocar mudanças sistêmicas. A DEAL foi fundada como uma empresa de interesse comunitário em julho de 2019 e lançamos nossa plataforma da comunidade online em setembro de 2020.

O Brasil possui um grupo local, o Donut Brasil, que começou em Maio de 2021. O país é um dos principais do Sul Global a fazer parte da comunidade, de forma ativa e com encontros regulares. O objetivo é contribuir para a co-criação da Economia Donut no Brasil, acreditando que é possível “viver no Donut”, ou seja, dentro do espaço ambientalmente seguro e socialmente justo, como uma bússola para a humanidade prosperar.



28 visualizações0 comentário
bottom of page