top of page

Evento Internacional do Zero Waste Lab Poa no Dia Mundial do Meio Ambiente


Conexão Brasil – Itália: “Inovação e soluções na Gestão dos Resíduos Sólidos para combatermos a poluição plástica nas cidades e oceanos”


O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado anualmente em 5 de junho. O ano de 2023 marca o 50o aniversário desta data que foi instituído pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 1972 durante a Conferência de Estocolmo. Este evento foi considerado um marco na história da preservação do meio ambiente, pois pela primeira vez, dirigentes do mundo inteiro se reuniram para falar sobre o tema.


Este ano o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) definiu como tema do Dia Mundial do Meio Ambiente “soluções para a poluição plástica”.


Conforme o PNUMA da ONU mais de 400 milhões de toneladas de plástico são produzidas a cada ano em todo o mundo, e metade deste plástico é projetado para ser usado apenas uma vez. No que tange a produção total, menos de 10% é reciclado e estima-se que 19 a 23 milhões de toneladas acabem anualmente em lagos, rios e mares, assim trazendo grandes desafios para a efetivação do objetivo de desenvolvimento sustentável número 12: Produção e Consumo Sustentáveis.


Um estudo encomendado pelo Blue Keepers, projeto ligado à Plataforma de Ação pela Água e Oceano do Pacto Global da ONU no Brasil, apontou que cada brasileiro pode ser responsável por poluir os mares com 16kg de plásticos por ano e que entre as cidades que correspondem pelos pontos mais críticos de plástico disponíveis no ambiente com risco de parar no oceano está o município de Porto Alegre.


Buscando fomentar o debate e apresentar soluções para a poluição plástica e seus impactos prejudiciais na saúde, economia e no meio ambiente o Zero Waste Lab POA realizará no dia 05 de junho de 2023 a partir das 17 horas na sala 102 do Tecnopuc (Café Coworking -Prédio 97 B) na cidade de Porto Alegre/RS uma roda de conversa com o pesquisador italiano Stefano Ambrosini, CEO da Waste Management Specialist e responsável por uma verdadeira “revolução ambiental” em dezenas de municípios italianos das províncias de La Spezia, Latina, Nápoles, Pisa, Livorno e Teramo, onde os resíduos não são considerados resíduos, mas sim um verdadeiro recurso da economia circular.


Na Itália a coleta diferenciada é realizada em quase todo o país. Segundo a associação Zero Waste Italy, existem mais de 270 cidades que são exemplos por terem adotado o modelo de resíduo zero, colocando o país entre os cinco melhores modelos de gestão dos resíduos sólidos urbanos na União Europeia.


Já no Brasil, a maior parte dos RSU coletados (61%) continua sendo encaminhada para aterros sanitários, com 46,4 milhões de toneladas enviadas para destinação ambientalmente adequada em 2022. Por outro lado, áreas de disposição inadequada, incluindo lixões e aterros controlados, ainda seguem em operação em todas as regiões do país e receberam 39% do total de resíduos coletados, alcançando um total de 29,7 milhões de toneladas com destinação inadequada.


A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) prevê a destinação em aterros sanitários apenas dos rejeitos, mas a partir deste estudo da ABRELPE percebemos que os aterros sanitários estão recebendo um grande volume de resíduos recicláveis e orgânicos, como exemplo para ilustrar este triste cenário a cidade de Porto Alegre recicla menos de 5% dos seus resíduos sólidos e mais de 75% é encaminhado para aterro sanitário e se estima que 20% dos resíduos são dispostos de forma inadequada no meio ambiente e acabam poluindo arroios e o Lago Guaíba.

SOBRE O GREEN THINKING E O ZERO WASTE LAB


Criada em 2017, o Green Thinking Project é uma plataforma global de educação ambiental que desenvolve programas inclusivos e inovadores de sustentabilidade voltados para comunidades, governos, ecossistemas de inovação e organizações que buscam alinhar a pauta ESG na estratégia dos negócios.


O Zero Waste Lab POA (Laboratório Resíduo Zero Porto Alegre) é um laboratório vivo com o objetivo de conectar pessoas e iniciativas para difundir, pesquisar e adotar tecnologias que apoiem a aplicação do conceito Zero Waste em comunidades, governos, ecossistemas de inovação e organizações.


O Lab busca contribuir para uma sociedade mais consciente, participativa e cidadãos mais ativos, impactando a economia local e regional com inovação, tecnologia e sustentabilidade.

O Green Thinking é quem operacionaliza o Zero Waste Lab POA dentro do TECNOPUC.


Data: 05/06/23 Horário: 17h Local: Café Coworking – prédio Global TECNOPUC

Evento gratuito para a comunidade



Mais informações: Paula Moletta – Coordenadora do Zero Waste Lab POA 51 – 997611794

Lucas Fontes – Fundador e diretor do Green Thinking Project 51- 992208585

email: eco@greenthinking.com.br

5 visualizações0 comentário
bottom of page