top of page

Julho Sem Plástico busca conscientizar sobre uso de produtos descartáveis

O Green Thinking Project oferece dicas de como reduzir o consumo de plástico de uso único

Foto tirada por: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Descrição: Copos e pratos descartáveis são exemplos de plásticos de uso único


O movimento Julho Sem Plástico, criado pela entidade australiana Earth Carers Waste Education em 2011, busca promover conscientização sobre os riscos do consumo de plástico para o planeta. Durante todo o mês de julho, o Green Thinking Project, através do Zero Waste Lab Porto Alegre, tem o objetivo de mobilizar empresas e a sociedade civil para fortalecer a campanha e repensar a poluição.


Segundo a empresa australiana, no ano de 2022 o movimento contou com a participação de mais de 140 milhões de pessoas, espalhadas por vários países. A adesão à iniciativa, que consiste em diminuir ou zerar o consumo de plástico durante o mês, permitiu evitar um desperdício estimado em 2,6 milhões de toneladas de plástico.


— É uma campanha global, que chama atenção para um problema urgente, e nós do Green Thinking Project queremos fortalecer cada vez mais esse movimento aqui no Rio Grande do Sul — afirma o engenheiro ambiental e integrante do projeto, John Fernando de Farias Wurdig. Para ele, a melhor forma de mudar essa realidade é com a transformação de hábitos.


Na internet, o site da campanha fornece recursos e ideias para ajudar as pessoas a reduzirem o desperdício de plástico descartável, ou seja, que não pode ser reutilizado. Copos, pratos e talheres descartáveis são exemplos dessa categoria. A proposta do Julho Sem Plástico é que os adeptos evitem plásticos de uso único durante o mês e, se possível, apliquem as mudanças na vida cotidiana durante os outros meses do ano.


— A nossa principal ação é a mobilização. Usamos o mês de julho para conscientizar e explicar as boas práticas, como chamamos essas alternativas ao plástico. Para isso, usamos a metodologia de educação ambiental Inspirar, Executar e Integrar (IEI) — conta Wurding.


Quatro dicas para aderir ao movimento, segundo o Green Thinking Project


  • Mobilização


Os materiais de apoio da campanha podem ser acessados online. Segundo Wurding, é de extrema importância que as pessoas compartilhem as informações referentes ao consumo de plástico e inspirem outras pessoas em aderir ao movimento.


  • Atuação em coletivos


O Movimento Lixo Porto Alegre busca incentivar a atuação de voluntários na cidade em prol da efetivação do conceito e ações que busquem a redução de produção de resíduos, conhecida por zero waste. Outros coletivos espalhados pela Capital e pela Região Metropolitana atuam com o mesmo objetivo e podem estar precisando de voluntários.


  • Ecobags


As sacolas de supermercado são materiais considerados plásticos de uso único. Podendo ser utilizadas como alternativa, as ecobags são sacolas reutilizáveis que foram criadas com a intenção de ajudar na preservação do meio ambiente.


  • Use copos reutilizáveis


De acordo com o Green Thinking Project, os copos plásticos podem demorar até 400 anos para se decompor, tendo em vista que é feito à base de produtos derivados de petróleo. Uma troca que pode fazer a diferença é a dos copos plásticos por copos, garrafas e canecas reutilizáveis.


Publicação no site: https://gauchazh.clicrbs.com.br/ambiente/noticia/2023/07/julho-sem-plastico-busca-conscientizar-sobre-uso-de-produtos-descartaveis-clk1mww6u00f8015lkzxh7hy0.html

5 visualizações0 comentário
bottom of page